Happy Aura: Arte & Arquitetura, utilitário inútil ou poético funcional?

artista(s): Luca Parise

Investigação pública sobre o possível encontro de arquitetura e arte? Onde se encerra o campo da arte e começa o campo da arquitetura (vice-e-versa)? Há uma fronteira delimitada entre eles? E de que forma se dá a relação entre estes campos e o mundo hoje? Qual seria uma outra forma de se vender arquitetura e arte? Há uma diferença de percepção de valor entre as duas? Qual o papel da galeria? Tais questionamentos são relevantes para sociedade? E para um jovem artista / arquiteto?

O Happy Aura da sexta-feira [24/04] será uma conversa mediada por Luca Parise com seus sócios do OPCAC - Escritório de Arquitetura Experimental do Atelier do Centro - Rafael Chvaicer e Ana Mohallem.

O Happy Aura é uma sala on-line de acesso livre pela Plataforma Zoom. Os acessos são limitados, inscreva-se aqui para receber o link. 

Dia 24/04 - sexta-feira

Horário: 18:00 - 19:00

 

Convidados:

Ana Mohallem nasceu em Minas Gerais em 1991 e vive em São Paulo desde 2009. Há dois anos é aluna e discípula de Rubens Espírito Santo e membro do Conglomerado Atelier do Centro. Mohallem se formou em publicidade em 2012 e atuou na área por 8 anos, desenvolvendo projetos para marcas como Netflix, Coca-Cola, Ford, iFood e KitKat. Desde 2018 sob orientação de RES, se dedica integralmente ao estudo e produção no campo das artes, com interesse principal na investigação do volume. É parte do OPCAC, Escritório de Arquitetura do CAC com Rafael Chvaicer e Luca Parise, e mantém uma parceria com a artista Gabi Celan sob o nome de GLAU, onde investigam juntas novos caminhos para a escultura.

Rafael Chvaicer nasceu em São Paulo, no ano de 1990. Desde 2010 é discípulo do artista e pensador Rubens Espírito Santo, e é membro do Conglomerado Atelier do Centro. Graduado em Arquitetura pela FAU-USP, colaborou com diversos escritórios de arquitetura. Trabalhou em parceria com Ana Neute no escritório de design Neute Chvaicer de 2011 a 2015 fazendo projetos de design para marcas como Riva, SP-Arte, La lampe. Selecionados por Marcelo Rosembaum para participar do clube de colecionadores do MAM-SP, desenharam em 2015 o cesto Mestiço, feito em parceria com artesãos de Várzea Queimada, integrando hoje o acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo. No campo das artes plásticas, desenvolve trabalhos em fotografia, desenho e escultura. Desenvolve projetos na fronteira entre arte e arquitetura, colaborando com soluções técnicas para artistas do Atelier do Centro, especialmente de Rubens Espírito Santo e Anna Israel. Participou do programa de exposições do Centro Cultural São Paulo com o trabalho Maquetes, em parceria com a artista Gabi Celan. Trabalha atualmente com Rubens Espírito Santo, Luca Parise e Ana Mohallem no OPCAC - escritório experimental de arquitetura do Conglomerado Atelier do Centro.

 

Imagem de capa: Cervejaria Geodésica para SUNO, Vila Madalena São Paulo, 2019

LOCAL

Plataforma Zoom

HORA

18h

DATA

24 de abril de 2020

×