Happy Aura: Amizades substanciais, afetos fundacionais - artistas aprendem com artistas

Para o Happy Aura dessa sexta-feira (8/5), a curadora Fabricia Jordão convida a artista Carolina Cordeiro para uma conversa aberta sobre formas e modos pelos quais os artistas aprendem uns com os outros.

Seria possível pensar o processo criativo e formativo de artistas como uma contrapedagogia? Nesse sentido, considerado o meio das artes visuais como um campo de afecções, seria possível pensarmos em uma pedagogia dos afetos? Em meio à pandemia, torna-se urgente refazer tramas comunitárias de cuidado; o que podemos aprender com processos formativos e criativos fundados em amizades, partilhas, respeito e suportes mútuos? Como um modo de trabalho que está diretamente implicado numa forma de vida compartilhada nos ajuda a pensar a ideia de comum?

O Happy Aura é uma sala on-line de acesso livre pela Plataforma Zoom.

Os acessos são limitados, inscreva-se aqui para receber o link.

Data: 8 de maio (sexta-feira) 

Horário: 18h 

Acesso a partir das 17h55

 

Fabrícia Jordão é curadora, pesquisadora e professora do Departamento de Artes da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Carolina Cordeiro é artista plástica, doutoranda na ECA-USP. Realizou diversas exposições no Brasil e exterior, além de residências artísticas em Berlim, Barcelona e São Paulo, onde vive e trabalha.

DATA

8 de maio de 2020

HORA

18h

LOCAL

Plataforma Zoom

×